Bem Vindo ao Blog do Pêga!

Bem Vindo ao Blog do Pêga!

O propósito do Blog do Pêga é desenvolver e promover a raça, encorajando a sociedade entre os criadores e admiradores por meio de circulação de informações úteis.

Existe muita literatura sobre cavalos, mas poucos escrevem sobre jumentos e muares. Este é um espaço para postar artigos, informações e fotos sobre esses fantásticos animais. Estamos sempre a procura de novo material, ajude a transformar este blog na maior enciclopédia de jumentos e muares da história! Caso alguém queira colaborar com histórias, artigos, fotos, informações, etc ... entre em contato conosco: fazendasnoca@uol.com.br

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Leite de Jumenta

image_thumb3

 

Uma jumenta dá em média 0.2 - 0.3 litros de leite ao dia. Dentre as espécies domesticadas, o leite de jumenta é o mais doce e o de composição mais próxima ao leite humano em nível de lactose, proteinas, minerais e omega3, é portanto o melhor substituto para o leite materno, tendo a vantagem de ser mais digerível por possuir menores teores de gorduras totais. Segundo algumas pesquisas o leite de jumenta pode inclusive servir de tratamento para doenças imunológicas. É um leite rico com mais lactose e menos gordura que o leite de vaca. Um estudo recente mostrou que o leite de jumenta pode ser utilizado por crianças com alergia à proteina do leite bovino.

Desde o antigo egito o leite da jumenta é utilizado para a alimentação e para a fabricação de cosméticos. Dizem que Cleópatra, rainha do Egito, tomava banho com leite de jumenta para preservar a beleza e a juventude da sua pele. De acordo com a lenda, eram necessárias não menos que 700 jumentas para fornecer a quantidade de leite necessária para seus banhos diários.

 

Esse também era o caso de Poppaea Sabina (30 – 65), segunda mulher de Nero (Imperador Romano), que é mencionada na descrição das propriedades benéficas do leite de jumenta para a pele escrita por Gaius Plinius Secundus: “Agredita-se que leite de jumenta apaga as rugas da face, torna a pele mais delicada e preserva sua brancura. E é um fato muito conhecido que algumas mulheres tem o hábito de lavar sua face com este leite sete vezes ao dia, obedecendo este número estritamente. Poppaea, a mulher do imperador Nero, foi a primeira a praticar isso, ela toma banhos preparados somente com leite de jumenta, para isso sempre que viaja é acompanhada por uma tropa de jumentas.” 

 

Também existem relatos que Pauline Bonaparte (1780–1825), irmã de Napoleão, usava leite de jumenta para cuidar da sua pele.

Leite de jumenta ainda é usado para a fabricação de sabonetes e hidratantes.

 

Leite de jumenta também era usado na medicina, suas caracteristicas curadoras  são conhecidas desde a antiguidade, quando médicos o recomendavam para uma grande variedade de doenças.  Hipócrates (460 – 370 AC), pai da medicina, prescrevia leite de jumenta com divérsos propósitos, como para problemas no fígado, doenças infecciosas, febre, edema, sangramento do nariz, envenenamento, e feridas.

 

No seu trabalho enciclopédico Naturalis Historia, volume 28, que lida com remédios proveniente de animais, Gaius Plinius Secundus (23 – 79 AD) propôs o uso do leite de jumenta para combater envenenamentos, febre, gripe, fatiga, problemas nos olhos, dentes fracos, ulceras, asma e alguns problemas ginecológicos. Também menciona que caso os dentes estejam mole por conta de um golpe, além do leite de jumenta pode-se utilizar também as cinzas dos dentes dos jumentos injetados na orelha com óleo. O casco de um jumento quando transformado em cinzas e usado com leite de jumenta também, de acordo com ele, pode acabar com certos problemas nos olhos.

 

Georges-Louis Leclerc, Comte de Buffon, (1707–1788) também menciona os benefícios do leite de jumenta no seu livro Histoire naturelle: "Leite de jumenta, ao contrário, é um remédio bastante testado em certas doenças, e o uso desse remédio tem sido mantido desde os gregos até nós”

 

Em Tamil Nadu no sul da India, leite de jumenta é dado para crianças recem nascidas para que tenham uma boa voz. Normalmente é dado apenas uma vez, são raras as vezes em que é dado duas vezes. A quantidade de leite dado varia de 5 a 10ml, mas não mais que isso.

 

Aqui no Brasil, Lampião e seuu bando tomavam leite de jumenta pela manhã para curar “Fraqueza dos pulmões”.

5 comentários:

  1. Existe alguma propriedade do leite da jumenta relacionada ao tratamento do câncer?

    ResponderExcluir
  2. De acordo com um estudo feito por cientistas indianos, leite de jumenta pode ser a chave para tratar AIDS e Tuberculose, pois contém imunoglobulinas. Imunoglobulinas são proteinas que fazem o sistema imunológico mais forte e nos ajudam a lutar contra uma variedade de doenças. O relatório tem o título "AIDS cure from donkey's milk? 'Immuno-stimulants in milk could provide cure for cancer, TB also.'" (A cura da AIDS vem do leite de jumenta? Imuno-estimulantes no leite pode levar a cura do cancer, e tuberculose também)

    ResponderExcluir
  3. Conheça o livro "O Jumento Nosso Irmão",do escritor cearense, padre Antônio Vieira,é a mais completa literatura sobre o jegue. Não se trata de uma obra técnica. O autor já faleceu, faz algum tempo. A edição con certeza está esgotada, mas as melhores bibliotecas de Fortaleza dispõem de exemplares. Boston (USA), 18 de novembro de 2012. Francisco Dantas Pinheiro (sou do Ceará).

    ResponderExcluir
  4. estou produzindo leite de jumentas e queijo pule

    ResponderExcluir
  5. Qdo criança tomei muito sem saber dos benefícios que tem gostaria de saber onde comprar e muito gostoso

    ResponderExcluir