Bem Vindo ao Blog do Pêga!

Bem Vindo ao Blog do Pêga!

O propósito do Blog do Pêga é desenvolver e promover a raça, encorajando a sociedade entre os criadores e admiradores por meio de circulação de informações úteis.

Existe muita literatura sobre cavalos, mas poucos escrevem sobre jumentos e muares. Este é um espaço para postar artigos, informações e fotos sobre esses fantásticos animais. Estamos sempre a procura de novo material, ajude a transformar este blog na maior enciclopédia de jumentos e muares da história! Caso alguém queira colaborar com histórias, artigos, fotos, informações, etc ... entre em contato conosco: fazendasnoca@uol.com.br

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Porque a mula é melhor que o cavalo? - Parte 2



O vigor dos híbrido, explica varias dessas coisas, as resistentes qualidades físicas e mentais do jumento explicam o resto. Muares duram mais, são mais "livres de manutenção", e menos dispendioso no consultório veterinário do que os cavalos em média. O fato de que eles não são inclinados a entrar em pânico, a pensar sobre o que está acontecendo com eles, e cuidar de si fisicamente, evita muitos acidentes que podem acontecer se fossem cavalos.
 
4. Auto Preservação: Isso pode pertencer à personalidade - mas é uma boa razão para que as mulas durem mais fisicamente. Se eles estão superaquecidos, excesso de trabalho, ou usados em demasia, por qualquer razão, as mulas vão desacelerar o ritmo ou simplesmente parar completamente. Até agora, nunca ouvi falar de um mensageiro levar uma mula para a morte por correr demais como as lendas dizem que faziam com os seus cavalos!
 
5. Longevidade: mulas normalmente vivem vidas produtivas mais longas do que os cavalos. No passado, quando o valor de um animal dependia de quanto tempo ele poderia trabalhar num dia, foi estimado por especialistas que a média da mula era de 18 anos, comparado aos 15 anos dos cavalos. Uma citação do folheto de "Jack, ginetes e mulas" pode ajudar a ilustrar: "Um dos nossos membros emprega 160 mulas nos arreios. Ele compra a mulas de 3 anos apenas, e nunca vende uma. Quando elas se tornam incapacitadas para o trabalho são humanamente destruídas. Seus registros são exatos. De 89 mulas que comprou em 1921, vinte e oito ainda estavam no trabalho na idade de 24 anos em 1942. A média de idade das morte das 61 que faleceram era 20 anos". Nos dias de hoje em que uma mula é quase sempre uma companheira e até mesmo um animal de estimação, com os trabalhos mais leves, melhor assistência médica, melhor conversão alimentar e boa administração, que a mula moderna recebe, muitas delas ainda estão servindo bem seus proprietários  até os 30 anos, e aposentados de 40 anos não são de todo incomum.


6. Pode-se lidar com mulas em grandes grupos.  Pode-se colocar 30-40 mulas em um curral ou até 500 em cercados de alimentação, sem problemas e sem se machucarem.

7. As mulas tem uma pisada firme e cuidadosa: Na trilha, nas montanhas e entre as plantações estreitas de tabaco e de algodão, as mulas provaram vezes e vezes sem conta o seu valor. A causa do passo firme da mula é em parte pelo físico e em parte pelo psicológico. A mula tem um corpo mais estreito do que um cavalo da mesma altura e peso. Ela puxou isso ao jumento. Suas pernas são fortes e os pés são pequenos e aprumados. Esta estrutura estreita e a configuração pequena do casco lhe permite pisar com cuidado e ordenadamente. Sua outra vantagem é psicológica. As mulas têm uma tendência a avaliar as situações e agir de acordo com as suas opiniões (a maioria dos quais tem a ver com auto-preservação). Muitos cavaleiros não gostam disso. Smoke Elser e Bill Brown dizem em seus livros “packin’ in on Mules and Horses”, que "a disposição plácida de uma mula, muitas vezes mascara o fato de que ela ser extremamente alerta e ter um forte desejo de auto-preservação”. Mesmo uma mula dócil raramente coloca o mesmo grau de confiança no seu cavaleiro como um bom cavalo colocaria. Quando as coisas começam a correr mal (nas montanhas), uma mula, muitas vezes, reage de forma inesperada e pode demorar para responder a seu cavaleiro. Quando temos de agir rapidamente para  desembaraçar uma tropa de animais de carga, pegar uma mula solta ou endireitar um pacote que caiu, nós preferimos usar um animal que nos permita tomar as decisões. Bill e  Smoke dizem o seguinte sobre sua tropa de mulas."Mulas viajam mais facilmente que os cavalos nas montanhas, uma diferença que aparece claramente quando se tem que carregar algo pesado. Isso porque os cavalos e as mulas são fisicamente diferentes e, conseqüentemente, têm maneiras diferentes de se movimentar. Um cavalo é construído como um sapo, com longas pernas traseiras para força e pernas mais curtas na frente para equilíbrio ... mais ou menos cerca de 60% do peso de um cavalo ou mula fica sobre as pernas da frente. Na decida a percentagem sobe e para poupar os joelhos um cavalo tem deixar suas pernas trazeiras bem suspensa e dar os maiores passos que ele pode, sem interferir com as patas da frente. O resultado é uma passada lateral bamboleante. A carga balançando torna o trabalho mais difícil para o cavalo e torna mais difícil manter a sela e de carga no meio do dorso do cavalo. As mulas também são como um  sapo, mas elas são mais noveladas, com pernas da frente mais longas. Isto lhes dá uma passada mais suave, especialmente em declive, onde eles dão passos mais curtos e com menos oscilação. As mulas também parecem ter maior equilíbrio. Pés mais estreitos e um corpo mais estreito, os ajuda a atravessar terrenos íngremes, onde os pés mais largos e ovais dos cavalos são um obstáculo. Mas o motivo maior das vantagens das mulas como alpinista, pode ser mental. Em declives íngremes ou em penhascos e ribanceiras, onde os cavalos tendem a ficar em pânico, uma mula apenas se torna mais intensa. Suas orelhas grandes sempre atentas, seus olhos sempre sobre o que ela está fazendo. Mulas podem andar em segurança para territórios ingremes demais para a maioria dos cavalos ... mulas têm, costas retas e fortes que não são susceptíveis a quebrar sob cargas pesadas. Tratadas adequadamente, elas aprendem a gostar das pessoas e são fáceis de apanhar. Isso é importante nas montanhas, como também em sua tendência de rapidamente se ligar aos animais com quem andam. Você pode prender seu cavalo de sela, deixar as mulas soltas, e dormir tranquilamente sabendo que as mulas vai estar lá pela manhã. Os jumentos também lançam alguma luz sobre por que uma mula pode equilibrar uma carga pesada. Isso por conta de um motivo físico, que não é imediatamente óbvio: o balanço da caminhada, quando diferente do do cavalo. As pessoas que estão acostumadas a montar em jumentos e que mudam para um cavalo observam que o cavalo tem um balanço no andar, de um lado para o outro. Muitas mulas herdar esse tipo de passo nivelado, que lhes permite ter um melhor equilíbrio de cargas pesadas em suas costas.


(Texto Original: Why a Mule? por Betsy Hutchins)

Nenhum comentário:

Postar um comentário