Bem Vindo ao Blog do Pêga!

Bem Vindo ao Blog do Pêga!

O propósito do Blog do Pêga é desenvolver e promover a raça, encorajando a sociedade entre os criadores e admiradores por meio de circulação de informações úteis.

Existe muita literatura sobre cavalos, mas poucos escrevem sobre jumentos e muares. Este é um espaço para postar artigos, informações e fotos sobre esses fantásticos animais. Estamos sempre a procura de novo material, ajude a transformar este blog na maior enciclopédia de jumentos e muares da história! Caso alguém queira colaborar com histórias, artigos, fotos, informações, etc ... entre em contato conosco: fazendasnoca@uol.com.br

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Estrume de jumento

O esterco de um jumento: suas características e seu uso.

As características do esterco de jumento 
O esterco dos asininos é considerado um "hot". O esterco de cavalo, é usado para fazer camas quentes para o plantio. Tem a vantagem de conter pouca ou nenhum alimento residual. A eficácia da digestão monogástrica do jumento é tal que digere quase todos os alimentos que elas absorvem. O estrume é livre de grãos ou alimentos não digeridos, pois eles originalmente viviam em áreas desérticas e tinham pouco estoque para os dias de escassez por isso retiravam o máximo de nutrientes.

Estrume de jumento melhora a qualidade do solo conhecido como "pesado" e "frio", ele também tem a vantagem no solo seco ou onde a retenção de líquidos é necessária. Ele pode ser usado puro (não misturado com palha ou feno) depois de 5-6 semanas. No entanto, se for misturado com feno ou palha, ele deve ser transformado em adubo juntamente com outros adubos.

Esterco de jumento tem a vantagem de não desenvolver cogumelos, eliminando o risco de perder os novos rebentos. O estrume de jumento deve ser aplicado em uma proporção de 10% em um solo já nutridos ou 15-20% em solos pobres e de baixa qualidade. Com 12 quilos de adubo jumento, se aduba uma área de 30 metros quadrados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário